sábado, 11 de janeiro de 2014

Agora sim, 2014!


Agora me sinto à vontade, a leve brisa vindo da janela em minha direção me refresca os pensamentos. A velha companheira caneca de chá ao lado. Minha sina talvez, seja escrever sobre a vida, aquelas coisas banais mesmo mas que passam desapercebidas.


O ano começou outra vez, que frase mais clichê. Será que muda alguma coisa? Esperanças renovadas, a vida começa denovo. Ainda não sei bem, sempre acreditei que é tempo de rever o que deixamos para trás, o que conquistamos e o que iremos colher nesse próximo ano. Tenho uma mania talvez positiva ou nem tanto, a cada ano faço uma retrospectiva de tudo que me aconteceu mês a mês, uma forma boba de repensar minhas atitudes. Confesso que em 2013 quebrei essa tradição, foram tantas marcas, ruins e boas que não precisei registrar no papel e nem publicar loucamente em minhas redes sociais. Não adianta tentar apagar tudo que aconteceu de janeiro a dezembro, foram fortes sensações de que tudo mexeu em minha vida, acredito que não só a minha mas a da maioria das pessoas.

Hay fases e fases, nesse ano que findou houve a fase das festas, alegrias, momentos ímpares, e também houveram fases de solidão e dificuldades. Algumas situações até escaparam do controle, ou a impressão de que controlamos nossa vida.

Alguns projetos evoluíram e tiveram resultado, outros tiveram que ficar de lado por prioridades. Ah! essa tal de prioridade, como é ruim ter que escolher entre uma coisa ou outra. Se eu pudesse escolher tudo que tivesse à vontade seria muito melhor. Por enquanto sigo meu rumo já traçado tentando melhorar aos poucos o que posso, e enfrentando o que não pudemos mudar.

"Se tiver de ser que assim seja, 
sigo adiante no meu estradear, 
conforme posso vou ao tranco largo
Sou dos que sabem aonde quer chegar." Zeca Alves

quinta-feira, 2 de janeiro de 2014

Feliz 2014!

Feliz Ano Novo 2014 A partir de Sydney, Austrália!  Veja-a no blog aqui: http://bit.ly/SB_NY2014

Um ano cheio de realizações pra todos nós!