sexta-feira, 6 de julho de 2012

Nas Entrelinhas do Horizonte

     O título da postagem se refere ao livro que eu acabei de ler ontem... 




    Sim, é escrito por Humberto Gessinger! *-* O cara além de ter sido o vocalista de uma das maiores (e melhores) bandas de pop rock brasileiro Engenheiros do Hawaii, sabe escrever muito bem por sinal!
   O livro é ótimo! Um misto de poesia, música, histórias vividas por ele, observações e conclusões perante os fatos que vivenciamos. Escolhi um trecho para compartilhar por aqui:

"A gente faz as contas, projeta uma vida na outra, tenta se enxergar como se fosse outra pessoa... A gente busca espelhos porque viver é solitário. Busca simetrias porque a vida é torta. A simetria acalma. Talvez acalme porque nós mesmos somos simétricos. Uma linha imaginária, dos pés a cabeça, nos divide em duas partes iguais. Buscamos o que já somos? Esquecemos que essa simetria nunca é perfeita. Para o bom observador, sempre haverá uma perna mais curta, um olho mais caído, uma narina mais aberta...
Certo é que nossa mente busca simetria nas pinturas, nas catedrais e nas notas musicais. Entre passado e futuro, entre os óculos do John e o olhar do Paul, entre Beatles e Stones. (...) Idealiza simetrias que não existem. Buscamos fatos que se repitam, uma ordem, um sentido, um padrão, um padrão, um padrão... Um padrão que não há.
O mundo é ímpar, não dá pra dividi-lo em duas metades iguais."

Afinal, o que faz a beleza do horizonte? As coisas objetivas, que estão lá longe (prédios recortando o céu, montanhas, nuvens) ou nossa subjetiva capacidade de enxergá-las? 


  Está aí um livro indicado para leitura nas férias! ;)

  Uma das minhas músicas favoritas é Somos Quem Podemos Ser (sempre que toca eu penso que é meu celular rsrs), mas eu já postei aqui uma vez... Hoje compartilhei esse vídeo no facebook, outra música deles que eu adoro também, Pra Ser Sincero:




    Beijão, ótimo inverno à todos! :* 

Nenhum comentário:

Postar um comentário