sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

Muito bem-vindo 2012!

Receita de ano novo

Para você ganhar belíssimo Ano Novo
cor do arco-íris, ou da cor da sua paz,
Ano Novo sem comparação com todo o tempo já vivido
(mal vivido talvez ou sem sentido)
para você ganhar um ano
não apenas pintado de novo, remendado às carreiras,
mas novo nas sementinhas do vir-a-ser;
novo
até no coração das coisas menos percebidas
(a começar pelo seu interior)
novo, espontâneo, que de tão perfeito nem se nota,
mas com ele se come, se passeia,
se ama, se compreende, se trabalha,
você não precisa beber champanha ou qualquer outra birita,
não precisa expedir nem receber mensagens
(planta recebe mensagens?
passa telegramas?)

Não precisa
fazer lista de boas intenções
para arquivá-las na gaveta.
Não precisa chorar arrependido
pelas besteiras consumidas
nem parvamente acreditar
que por decreto de esperança
a partir de janeiro as coisas mudem
e seja tudo claridade, recompensa,
justiça entre os homens e as nações,
liberdade com cheiro e gosto de pão matinal,
direitos respeitados, começando
pelo direito augusto de viver.

Para ganhar um Ano Novo
que mereça este nome,
você, meu caro, tem de merecê-lo,
tem de fazê-lo novo, eu sei que não é fácil,
mas tente, experimente, consciente.
É dentro de você que o Ano Novo
cochila e espera desde sempre.

Carlos Drummond de Andrade




"Vivas ao ano novo e à nova oportunidade de acertar" - Oprah Winfrey


quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

Livros: digitais ou impressos?


Recentemente estava lendo a revista Seleções, muito interessante por sinal. Dentre as várias matérias escritas por colunistas e escritores, compartilho um trecho do artigo escrito por Cora Rónai que é a primeira jornalista brasileira a criar um blog, o internETC e também é cronista do Caderno do Globo.

"À noite antes de ir dormir, reservo uma ou duas horas para uma tecnologia antiga chamada livro. Ainda não encontrei Kindle ou tablet que substituam as boas e velhas folhas.
Apesar de tudo, não me considero um bípede neurótico por informação. Não gosto de mandar SMS, não confiro mensagens compulsivamente e passo horas longe da Internet sem ter abstinência. Acho que só vira escravo da tecnologia quem quer - e eu não quero. é simples assim."


Adeus ano velho, Feliz Ano Novo...


quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

Aproveitar...

             Passado o Natal, e toda aquela magia de ganhar e receber os presentes se aproxima o ano novo. Hoje saiu o listão da UFSM e digo não por infelicidade mas por uma ironia do destino eu e a Laura não fomos aprovadas. Confesso que não me senti triste, pelo contrário, penso que Deus me reserva algo de melhor e que conquistarei o meu sonho de ir para a Capital. Vou rumo ao meu sonho, confiante sim, mas penso que tudo tem o seu momento certo e que não podemos nos desiludir por pouca coisa. Acredito que tudo chegará na hora certa. Deixo a vocês os sentimentos de uma adolescente que pensa que seus sonhos vão mudar o mundo, mas quando passamos dessa fase vemos que as coisas não são exatamente como planejamos, pois na verdade são melhores do que imaginamos. Aproveitar as oportunidades é o mínimo que podemos fazer por nossas vidas. Um beijo e muito sucesso a todos, aproveitem os últimos dias de 2011, por que ele passou muito muito rápido.

sábado, 24 de dezembro de 2011

Então é Natal...

       Papai Noel neste Natal eu desejo que a "Paz e a Harmonia" encontre moradia em todos os corações. Que a Esperança seja um sentimento constante em cada ser que habita este planeta. 

          Desejo que o Amor e a Amizade prevaleça acima de todas as coisas materiais. Que as Tristezas ou Mágoas, sejam banidas dos corações, 
dando lugar apenas ao Carinho. 
Que a "Dor do Amor", encontre o remédio em outro Amor. 
          Que a "Dor Física", seja amenizada e que Deus esteja ao lado de todos, dando muita força, fé e resignação. Que a Solidão seja Extinta, e no seu lugar se instale 
a Amizade Verdadeira, e o Companheirismo.
         Que as pessoas procurem olhar mais a sua "Volta", e não tanto para "Si" mesma. Que a Humildade e o Respeito residam na Alma e no Coração de todos. "Que saibamos Amar e Respeitar o Próximo como a nós mesmos".


  Desejo também que meu pedido se realize não só neste Natal, mas em todos os dias de nossas vidas!

quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

As Horas

Como já mencionei, sou grande admiradora da escritora Virginia Woolf e da sétima arte, então, aqui vai um trecho muito marcante do filme "As Horas", que conta a história da escritora quando escrevia um dos seus mais conhecidos romances, "Mrs. Dalloway". No final, a personagem deixa a seguinte passagem:



"Encarar a vida pela frente... Sempre... Encarar a vida pela frente, e vê-la como ela é... Por fim, entendê-la e amá-la pelo que ela é... E depois deixá-la seguir... Sempre os anos entre nós, sempre os anos... Sempre o amor... Sempre a razão... Sempre o tempo... Sempre... As horas."



quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

Tudo passa.

       ‎"Havia um homem que costumava ter em cima de sua cama uma placa escrita: 
ISSO TAMBÉM PASSA...então perguntaram à ele o por quê disso... ele disse que era para se lembrar que, quando estivesse passando por momentos ruins, poder se lembrar de que eles iriam embora, e que ele teria que passar por aquilo por algum motivo. Mas essa placa também era pra lembrá-lo que quando estivesse muito feliz, que não deixasse tudo pra trás, porque esses momentos também iriam passar e momentos difíceis viriam de novo...E é exatamente disso que a vida é feita: MOMENTOS!
      Momentos os quais temos que passar, sendo bons ou não, pro nosso próprio aprendizado. Por algum motivo... Nunca esqueça do mais importante:
NADA É POR ACASO ! Absolutamente nada. Por isso temos que nos preocupar em fazer a nossa parte da melhor forma possível."   Chico Xavier.

terça-feira, 20 de dezembro de 2011

"The Christmas Song"

Como estamos inspiradas musicalmente (rsrsrs), essa canção simples e bonita diz um pouco sobre o espírito do Natal, que por incrível que pareça já se aproxima...



A Canção de Natal

Castanhas assando na lareira
Bonecos de neve gelando seu nariz
Canções de Natal sendo cantadas por corais
E os amigos vestidos como esquimós

Todos sabem que um peru e um visgo branco
Ajudam a fazer a estação brilhar
Criancinhas com seus olhos bem abertos
Vão achar difícil ir dormir

Elas sabem que o Papai Noel está vindo
Ele está carregado de brinquedos e doces em seu trenó
E todas as mães das crianças vão espiar
Pra ver se as renas sabem mesmo voar

E então, estou oferecendo esse verso simples
Para crianças de um ano até noventa e dois
Embora já tenha sido ditos muitas vezes, de várias maneiras
Feliz Natal pra você


Beijão e obrigada pelo apoio! =)

domingo, 18 de dezembro de 2011

Quelq'un m'a dit

             Hoje estou postando essa música que adoro muito, tanto a melodia quanto a letra me encantam demais. Mas a história dela é mais interessante ainda, há anos eu tinha escutado ela em algum lugar e por ser em frânces ficaria mais difícil de achar, cansei de procurar... Um belo dia, em plena aula de Ensino Religioso ou  Filosofia não lembro bem qual dessas (hehehe) a Laura me empresta um fone do telefone dela e adivinha que música estava tocando? Essa! E desde aí não parei mais de escutá-la... Deixando as particularidades e coincidências da vida, deixo essa música que nos retrata um pouco da nossa realidade e dos pensamentos que muitas vezes temos. Espero que gostem um beijo no coração!
Disseram-me que as nossas vidas não valem grande coisa, 
Elas passam em instantes como murcham as rosas.
Disseram-me que o tempo que desliza é um bastardo
Que das nossas tristezas ele faz suas cobertas
No entanto alguém me disse...
Que você ainda me ama,
Foi alguém que me disse
que você ainda me ama
Seria isto possível então?
Disseram-me que o destino debocha de nós
Que não nos dá nada e nos promete tudo
Faz parecer que a felicidade está ao alcance das mãos,
No entanto alguém me disse...
Mas quem me disse que você sempre me amou?
Eu não recordo mais, já era tarde da noite,
Eu ainda ouço a voz, mas eu não vejo mais seus traços
'ele ama você, isso é segredo,
não diga a ele que eu disse a você'
Sabe, alguém me disse...
Que você ainda me ama,
Disseram-me isso realmente...
Que você ainda me ama,
Seria isto possível então?

quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

Somente 12 anos se passaram...

            * Amigo é quem te dá um pedacinho de chão, quando é de terra firme que precisas, ou um pedacinho do céu, se é o sonho que te faz falta. Amigo é mais que ombro amigo ou 75% de ti, é mão estendida, mente aberta, coração pulsante, costas largas... É quem tentou e fez, e não tem o egoísmo de não querer compartilhar o que aprendeu.
         * Amigo é aquele que cede e não espera retorno, porque sabe que o ato de compartilhar um momento é melhor do que o de receber. É compreensão para o teu cansaço e insatisfação para a tua reticência.
           * Amigo é aquele que entende o teu desejo de voar, de desistir devagar, a tua angústia pela compreensão dos acontecimentos, a tua sede pelo "por vir"... É simultaneamente o espelho que te reflete e a parede que te protege. É quem fica enfurecido por enxergar o teu erro, querer tanto o teu bem e saber que a perfeição é utopia. É o sol que seca tuas lágrimas, é a polpa que adoçica ainda mais o teu sorriso. 
         * Amigo é aquele que toca na tuas feridas para te ajudar, acompanha tuas vitórias, faz piada para amenizar teus problemas... É quem tem medo, dor, náusea, cólica, gozo tal como tu... É quem sabe que viver é ter histórias para contar depois.
        * Amigo é quem sorri para ti sem motivo aparente, é quem sofre com teu sofrimento... É o achar daquilo que tu nem sabias que procuravas, é aquele que te escreve pequenos bilhetes em salas de aulas ou mensagens eletrónicas emocionadas... É aquele que te ouve ao telefone com o mesmo prazer e atenção que teria se tivesse a olhar para os teus olhos.
      * Amigo é aquele que percebe num simples olhar os teus desejos, os teus disfarces, a tua alegria, mas também o teu medo, as tuas incertezas, as tuas fraquezas... É aquele que aguarda paciente por ti e se entusiasma quando vê aquele brilho no teu olhar...
      * Amigo é aquele que te diz "eu te amo" sem qualquer medo de má interpretação... Amigo é pra sempre, mesmo que o sempre não exista... "   (Caio Fernando de Abreu)

quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

Monte Castelo - Legião Urbana

Monte Castelo é uma canção do Legião Urbana, lançada no álbum As Quatro Estações. Composta por Renato Russo, a música traz citações do poeta português Luíz Vaz de Camões em seu soneto 10, além do capítulo 13 de Coríntios, livro da Bíblia.

A letra desta canção fala da importância do amor, do amor entre os seres-humanos. Monte Castelo é o nome do local onde a FEB (Força Expedicionária Brasileira) ganhou sua principal batalha durante a Segunda Guerra Mundial - ou seja, uma alusão a um ato de desamor da humanidade. O título, ao contrário da maioria, é uma referência antagônica à mensagem da letra.

É uma música muito bonita, de umas das maiores bandas de rock brasileiro de todos os tempos!

quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

"December"... ♫

Para homenagear esse último mês de 2011...



Dezembro - (Norah Jones)

Dezembro vem a mim
Espero que eu possa ver
Você não só em sonhos

Vou deixar você em paz
Por que você não pode acreditar
O quanto você realmente significa

Dezembro você não vem
De volta com neve e até mesmo o sol
Não diga que acabou

Eu vou te levar pra casa
Vou te tirar da solidão
Lugar que conheci

Eu vou te levar pra casa
Tire-me da solidão
Lugar que conheci