sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

Honrando a camisa

Esta postagem é para o maior time do sul: Grêmio! Quem não gostar, nada de troll ok? ;)

Bom, como foi bem escrito pela minha amiga e companheira de blog sobre o caso do Ronaldinho, não acho necessário (re)bater neste ponto, já que o fato foi muito bem exposto neste mesmo blog. Porém, honrar a camisa que se veste também é uma dica para os torcedores e não só para os jogadores.
Amar o time não é ser fanático, pois tudo que atinge o extremo é maléfico, amar um time é torcer pra ele com emoção, paixão, sentimento. Muitos torcedores se revoltam com as crises dos seus times, se desesperam, chegam a agredir pessoas que torcem para times adversários... Enfim, são tantos os fatos que ocorrem no mundo do futebol, incluindo diversos tipos de violência que prejudicam tanto a imagem do time como da torcida.
Como torcedora gremista, e esperançosa que sou, acredito sim no título da Libertadores 2011, acredito sim que com a garra que meu time sempre teve, com a emoção da nossa torcida e com o desempenho dos nossos jogadores sairemos campeões. Com o amor que temos pelo nosso time e a torcida mais vibrante que existe, que torçamos, que amemos nosso time com todo fervor, mas que acima de tudo nos respeitemos uns aos outros, que o brilho no olhar de cada gremista seja voltado para o belo futebol que o Grêmio nos oferece.

Sigam o exemplo da pequena Alice que com toda a certeza sairemos CAMPEÕES e mesmo não sendo, como diz a música, o sentimento não se termina, e nunca vai terminar.

4 comentários: